Travel Blog Joao Cajuda

St. Regis Maldives

St. Regis Maldives

Quem sempre sonhou em ter umas férias nas paradisíacas ilhas das Maldivas num Bungalow sobre as águas turquesas? EU! ahah… e tu também provavelmente. Quando comecei a organizar a minha viagem às Maldivas, uma das prioridades era ficar num bom hotel para poder descansar. Geralmente ando sempre a correr de um lado para o outro e raramente tenho tempo para aproveitar os lugares, muito menos os hotéis onde fico. Sendo esse um dos objectivos, o St Regis foi uma das minhas primeiras opções. Fica a saber neste post por que razão é este um dos melhores hotéis do Mundo.

 
 

Construído no final de 2016, o novíssimo St Regis Maldives é a mais recente pérola das Maldivas. Fica localizado na zona sul das Maldivas na ilha privada de Vommuli. Quando chegamos ao aeroporto de Malé, tinha um funcionário do hotel para nos dar as boas-vindas, dar assistência com a bagagem e encaminhar-nos para o Lounge do hotel em Malé. Enquanto esperava pelo transporte na parte exterior do aeroporto vi um enorme Bentley a passar, pensei eu… “Quem serão os chiques que vão ali dentro!” … pois bem, era para mim, ahahah. Não é que nunca tivesse visto um Bentley, mas sinceramente não estava à espera de encontrar um nas pequenas ilhas das Maldivas, muito menos que fosse a minha boleia. É o único Bentley do país e para sorte minha era do hotel.

 

Entro no carro e dão-me um Ipad para a mão, carrego Play e tenho um vídeo do meu Butler. “Olá Sr. Cajuda, o meu nome é Nassib e sou o vosso mordomo! …” Não me aguento com tanta chiqueza, mas estou a adorar! Ahah. A viagem até ao Lounge do hotel foi bastante rápida, 10 minutos. O Lounge fica no aeroporto dos Hidroaviões, são poucos os hotéis que têm um lounge privado para os seus clientes. Vamos ter que esperar uma hora para apanhar um hidroavião para a ilha de Vommuli. Por mim até posso esperar um pouco mais, o lounge tem TV, uma selecção de revistas e WC com duche… é tão confortável que já parece que estou no hotel. O enorme salão está muito bem decorado e dá acesso a uma varanda/deck à beira-mar onde é possível ver os aviões a aterrar e descolar. Sentei-me lá fora apesar dos 40ºC que se faziam sentir, pedi o pequeno-almoço à La Carte, aqui tem quase tudo o que possas desejar pedir enquanto esperas pelo Teco Teco.

 

Chegou a hora de embarcar no hidroavião… Já andaram? Eu não! O avião para mesmo à porta do Lounge, então é só andares 20 metros e já lá estas. Os aviões levam à volta de 10 pessoas, são pequenos e os pilotos andam de calções e descalços, cheios de estilo. A viagem foi fantástica, a vista privilegiada que se tem das pequenas ilhas e dos seus corais é incrível…

 

 

 
 

A viagem demorou 45 minutos e depois de muitas ilhas começo a ver a nossa ao longe. A paisagem é incrível… Após a aterragem sou recebido finalmente pelo Nassib que deste esse momento se tornou o nosso melhor amigo e a mais prestável das pessoas, sempre preocupado em que os dias fossem perfeitos.

De carrinho de golfe fui até ao quarto. A Ilha é pequena, como quase todas as das Maldivas… penso que a pé 30 minutos chega para dar a volta, o que é excelente, eheh, eu vim para aqui para descansar não foi para fazer a maratona. Existem 8 tipos de quartos no hotel, o meu era uma suíte sobre a água com piscina. Com uma área de 282m2 é provavelmente um dos melhores quartos de hotel em que já estive hospedado. Decorado com um design moderno em tons de creme e azul, minimalista mas ao mesmo tempo super luxuoso, este bungalow está equipado com a mais alta tecnologia.

 

O enorme quarto é partilhado com a sala e escritório, ambos com enormes janelas e vistas desafogadas para o mar turquesa das Maldivas. O ambiente é extremamente confortável e todo o planeamento do Bungalow foi pensado com enorme detalhe privilegiando também a privacidade.

Existe também uma zona dedicada ao mini bar com uma enorme variedade de bebidas, frutas exóticas e pequenos snacks para acompanhar com o café e chá.

Por de trás do quarto encontramos o closet que assim como o quarto, dá acesso à lindíssima casa de banho. Existe na WC uma área mais reservada com duche e outra com uma enorme banheira cujas vistas prometem banhos muito prolongados.

O espaço exterior do Bungalow é todo em Madeira, com cadeiras, redes sobre a água e sofás confortáveis que se estendem ao longo da piscina e onde vou passar muito tempo, não só a trabalhar para o bronze como a dormir umas belas sestas.

A piscina privada do quarto é grande o suficiente, embora confesse não lhe tenha dado muito uso, isto porque o bungalow tem umas escadas que dá acesso directo ao mar turquesa.

Uma das coisas que mais me fascinou é o facto de todo o Bungalow ser controlado através de um simples click no Ipad disponível no quarto… Desde toda a iluminação, TV, cortinas, internet, meteorologia, room service, Menus e reservas de restaurantes, actividades no hotel e um contacto directo com o teu mordomo.

 

Tive a oportunidade de conhecer todos os quartos do hotel, as vilas de jardim, as vilas de praia.  todos eles incríveis e bastante idênticos, mas confesso estar muito feliz com o meu quarto, um Bungalow sobre a água é sempre mais fascinante, por isso se visitarem o hotel recomendo que fiquem num Bungalow com piscina sobre a água.

Claro que se puderem pagar (25.000€ a noite) pela John Jacob Residence (nome do fundador da cadeia de hotéis St. Regis) não pensem duas vezes. O maior Bungalow sobre a água do Oceano Índico é o quarto mais caro e extravagante do Hotel e das Maldivas. Tive a sorte de passar duas tardes lá a divertir-me só para saber como é o dia-a-dia de um milionário. Tem uma área colossal de 1540m2 … sim é maior que muitos prédios e tem três quartos, duas cozinhas, um spa, um ginásio, uma sala de cinema, duas salas de estar, uma de jantar e três piscinas… para além de uma anexo com mais três quartos, cozinha e WC para os empregados e segurança.

 

O pátio principal é enorme, tem várias zonas de lazer, uma piscina de sonho, um banco de areia com espreguiçadeiras e claro umas escadas de acesso ao mar. A residência tem ainda o seu próprio carro de golfe que mais parece um Bentley versão resort tropical.

Não há muitas palavras que consigam definir o luxo deste espaço… mas escusado será dizer que adorei andar a brincar aos milionários. As fotos e os vídeos falam por si.

Mas falemos do resort… uau, ou melhor, WOW que é o nome da empresa de arquitectos responsável pela construção do hotel. A sua arquitectura é de facto avant-garde, mas o seu design encaixa perfeitamente na natureza da ilha. Os bungalows têm a forma de Mantas e os materiais usados são muito sóbrios. O hotel tem 77 vilas, três restaurantes, um bar de praia/pizzaria, um enorme bar/lounge sobre o mar, um centro de lazer com ginásio, espaço para crianças, cabeleireiro, espaço de leitura, de aulas de Anti-gravity Yoga (que adorei experimentar) e Pilates… campo de ténis, SPA, Escola de desportos náuticos, sala de jogos… enfim não falta o que fazer aqui. A praia… um escândalo, a areia parece farinha, a água quente é cristalina e quase parece uma piscina.

O pequeno-almoço é servido no principal restaurante do Resort, o ALBA. A variedade é incrível, eu sou sempre daqueles que fica muito indeciso e levo tudo para mesa, depois tenho de comer tudo porque está tudo maravilhoso e odeio desperdiçar comida, depois vem o drama que fico mal disposto e quero ir à água mas estou cheio… ahah. Fossem estes os meus problemas todos os dias. Aqui existe uma enorme selecção de compotas, panquecas, queijos, sumos naturais, até ovos com lagosta e caviar… há sempre espaço para um focinho, um gelado ou uma panqueca? Venha os dois! Ao jantar são servidas pastas, risotos, peixe entre outros pratos sempre maravilhosos.

Fui conhecer o Spa que tem seis enormes villas muito relaxastes com Jacuzzi na varanda, não tive oportunidade de experimentar as massagens mas não deixei de mergulhar no Blue Hole, o maior jacuzzi das Maldivas.

Para almoçarmos fomos até ao Crust, a pizzaria de Praia com bonitas vistas para a piscina do hotel e para a praia. Aqui almoçamos com os pés na areia enquanto saboreamos as pizzas feitas em forno de lenha acompanhadas por uma água de coco!

Passei o dia a dar mergulhos, fiz um passeio de barco onde tive oportunidade de pescar e depois de um belo banho lá me meti todo pipi e cheiroso para ir beber um copo ao Whale Bar, tem nome de baleia por ter a forma de uma e é o local perfeito para ver o pôr-do-sol ao som de uma música chill out. A especialidade é o Bloddy Mary que vem num enorme Búzio… e ali fiquei horas porque se estava muito bem. O bar é lindíssimo e tem um tecto muito bonito feito pela artista Maya Burman que já é uma assinatura dos hotéis St. Regis.

O jantar de hoje é no Orientale, na minha opinião o restaurante mais bonito do hotel e que se dedica à cozinha asiática, mais propriamente à cozinha Indiana e Paquistanesa, aos sabores do Japão e por último à cozinha cantonesa e coreana. Todos os pratos estavam extraordinariamente bem confeccionados e muito bem acompanhados por um vinho português, obviamente. Já vos disse que o resort tem também uma sala de vinhos? Não é uma sala qualquer… estão ali mais de 1 milhão de euros em vinho e sabem qual era o mais caro? Um português, da ilha da Madeira feito em 1755, afinal houve coisas boas que acontecerem nesse ano… Não o provei, até porque a garrafa custava 23.000€.

Mas se há um restaurante que eu adorei é o CARGO, fica localizado nos jardins interiores da ilha e aqui come-se comida árabe… estava soberba e por essa razão foi o restaurante que mais gostei.

Foram cinco dias extraordinários, e recomendo a todos os que queiram visitar as Maldivas a escolher muito bem o hotel porque basicamente não há muito para fazer para além das actividades que cada um proporciona. O St. Regis Maldives é sem dúvida um dos melhores e mais completos hotéis do país. O serviço exemplar a juntar a todo o conforto das Vilas e às praias maravilhosas da ilha vão tornar a tua estadia naquelas férias de sonho que todos um dia ansiamos ter.

Vê o vídeo que fiz durante a minha estadia.

 

 

Conecta-te com o St. Regis Maldives

Reservas:

www.stregismaldives.com

 

Olá! Eu sou o João Cajuda, blogger de viagens português e o criador deste site. Neste blog partilho as minhas aventuras pelo mundo e dou dicas de destinos, hotéis, restaurantes e actividades a fazer. Podem ainda viajar comigo através dos meus vídeos de viagens e dos meus tours de grupo que organizo para vários destinos! Visita a minha Agência de Viagens de Aventura LEVA-ME e junta-te a uma das minhas aventuras.

COMENTÁRIOS

Leave a comment