Travel Blog Joao Cajuda

MADEIRA – 5 razões para visitar!

MADEIRA – 5 razões para visitar!

A ilha da Madeira é especial para mim … Foi para lá que fiz a minha primeira viagem de avião, tinha eu uns 5 anos … Diz a minha mãe que fiz um berreiro no avião que até ficou envergonhada. Não me lembro de nada disso, mas lembro-me de muitos momentos que passei naquele paraíso no meio do oceano atlântico. Desde então, voltei à Madeira mais quatro vezes, não me canso e de certeza que voltarei a repetir. A Madeira é uma das ilhas mais bonitas que conheço, e não digo isto por ser nossa, de Portugal, já há muito tempo que a beleza da Madeira conquistou o mundo e hoje ela é também de muitos turistas que ali viveram momentos inesquecíveis … Existe magia naquelas montanhas, naquelas encostas e naquele mar.

O clima ameno faz com que qualquer altura do ano seja ideal para visitar a ilha. Por isso quando o frio apertar aqui no continente já sabes para onde fugir … E não há desculpa, são apenas 978 os quilómetros, e pouco mais que 1:30 h de avião que separam todo aquele exotismo de Lisboa. Composto pela ilha da Madeira, a ilha de Porto Santo, as ilhas desertas e ainda as ilhas selvagens, o arquipélago da Madeira esconde tesouros capazes de render quem o visita.

As paisagens espectaculares, talhadas pelos seus acidentados picos cuja altura ascende aos 1862 m (Pico Ruivo) deixam qualquer um de boca aberta. Não é por acaso que nos últimos anos a ilha tem ganho inúmeras distinções a nível mundial … Desde 2009 que é considerado um destino de excelência, em 2015 foi votada como a 6ª melhor ilha do mundo, e em 2015 e 2016 foi eleita como o melhor destino insular do mundo nos World Travel Awards. Os meus pais já lá viveram, por essa razão conheço grande parte dos 57 km de comprimento e 22 Km de largura da ilha. Neste post vou dar-te algumas dicas sobre a ilha e enumerar 5 razões pelo qual deves visitar a Madeira JÁ! 🙂

1 – NATUREZA

A primeira coisa que me vem à cabeça quando penso na Madeira é: Natureza. Aqui há inúmeras actividades para fazer. Já conheces a Floresta da Laurissilva? É obrigatória uma visita, nem que seja só para respirar o ar puro desta floresta húmida subtropical. Aqui vais encontrar uma enorme variedade de espécies de flora e fauna. Diz-se que é graças a esta floresta com mais de 15 milhões de anos que a ilha se chama Madeira. Segundo os historiadores, toda a ilha era “coberta de extenso e denso arvoredo, razão pela qual os navegadores portugueses lhe atribuíram tal nome.” Considerada pela UNESCO como património Natural de Humanidade, a floresta tem recantos e miradouros de uma beleza incrível.

 

Podes explorar a Laurissilva de várias formas… Se gostas de caminhar há dezenas de trails que podes seguir… Percorre as famosas levadas, são mais de 3000 km entre abismos e túneis que atravessam montanhas, vais ficar maluco com as paisagens. Aproveita e leva o almoço na mochila, não vão faltar lugares incríveis para fazeres um pic-nic. Se és daqueles que gosta de adrenalina, vieste para o local certo, podes aventurar-te num passeio a cavalo, fazer escalada, canyoning (ADORO!), passeios de bicicleta de montanha, geocaching, não faltam actividades para os mais aventureiros como eu!

Deixo aqui alguns dos meus locais preferidos na ilha para explorares:

  • Ponta de São Lourenço: Um dos extremos mais bonitos da ilha, uma paisagem árida deslumbrante. Aproveita para visitar o miradouro Baía D’Abra.
  • Trilho do Pico Ruivo ao Pico do Areeiro: Se gostas de caminhadas, vais ficar fascinado com o trilho entre os dois pontos mais altos da ilha.
  • A levada das 25 fontes: Uma das levadas mais bonitas da ilha, para quem gosta de cascatas no final do caminho de 4,6 km vai ter uma bela surpresa 🙂
  • Cabo Girão: Se tens vertigens então é melhor pensares duas vezes antes de vires aqui. São 589 metros de precipício desde o topo da montanha até ao mar, é uma das paredes verticais mais altas do mundo e a vista é soberba. O miradouro é feito de metal e vidro e é possível ver toda a falésia por baixo dos nossos pés.
  • Véu da Noiva: É uma das cascatas mais bonitas da ilha, a água cai da montanha directamente para o mar.
  • Miradouro de Cabanas: É um dos miradouros mais bonitos da ilha, a vista sobre a aldeia Arco de São Jorge e sobre montanha verdejante que a rodeia é incrível!
  • Vereda da Encumenda: É um dos percursos mais bonitos da ilha, são precisas no mínimo 6 horas para percorrer os 11,2 km que tem início no Pico Ruivo. A paisagem é absurda, as nuvens que se rasgam nas escarpas vulcânicas envolvidas na Laurissilva fazem deste lugar um dos meus preferidos.
  • Miradouro dos Balcões: Há imagens que guardamos para sempre, uma delas é a vista do miradouro dos balcões sobre o vale da Ribeira da Metade, quando fores lá ires perceber.

2 – LIFESTYLE

A Madeira não é só paisagem, a ilha tem algumas pérolas no que diz respeito a hotéis, spas e restaurantes. A oferta é grande, variada e de qualidade, podes ficar desde casas rurais no meio da natureza ou optar pela modernidade dos hotéis. Um dos mais emblemáticos, mas nem para todas as carteiras é o “Belmond Reid’s Palace Hotel” que tem mais de 120 anos de história. Só passei lá à porta, mas prometo que da próxima vez que for à Madeira vos trago umas imagens do seu interior.

Se és mais de hotéis de 5 biliões de estrelas, leva a tua tenda, podes sempre acampar no parque de campismo. Existem dois, um na Madeira e outro em Porto Santo. Para os que preferem boutique hotéis, aqui vão encontrar o melhor do mundo (e não estou a falar do Cristiano Ronaldo), o “Hotel The Vine” ganhou em 2013 o galardão mais desejado dos hotéis. Tem também um dos mais conhecidos spas da ilha.

 

Outro dos hotéis mais luxuosos da ilha é o hotel Quinta da Casa Branca, uma mansão com magníficos jardins e um restaurante muito bonito.

Para beber um copo ou dar um pezinho de dança, basta dizer ao taxista “Vespas”, a discoteca está aberta desde 1980 e é o maior clássico da noite madeirense. Se preferes algo mais pequeno e calmo para um copo, o Prince Albert Pub (típico pub inglês) ou o Café Teatro, um espaço onde frequentemente se organizam festas com Djs e musica ao vivo. Podes lá ir durante o dia, mas é de noite que a coisa aquece!

 

3 – CULTURA

Descoberta pelos navegadores portugueses no ano de 1419, a Madeira tem uma longa história repleta de tradições. Visita alguns dos mais emblemáticos monumentos como a Fortaleza de São Tiago, o Paços do Concelho do Funchal ou a Sé Catedral. Para além disso a Madeira tem uma agenda cultural enorme, desde o famoso e colorido carnaval até à enorme passagem de ano, existem dezenas de eventos, feiras, festas, festivais… não te esqueças de comprar o que de mais típico há na ilha, desde roupa, artesanato, cana-de-açúcar, frutas, flores, vinhos, e claro que não podia faltar o ponche da madeira… Um dos melhores locais para comprar produtos regionais é nas Casas de Santana, as típicas casas madeirenses ou no mercado dos lavradores. Outra coisa muito típica e original da Madeira são os “carro cesto”. Estes carros feitos artesanalmente são conduzidos por dois carreiros. São 10 minutos a descer a montanha… não digo que seja uma aventura imprópria para cardíacos, mas prepara-te para dar uns gritinhos, eheh.

    

4 – GASTRONOMIA

Lamento, mas o mais provável é acusares excesso de bagagem quando saíres da ilha. A gastronomia madeirense é divinal. Se gostas de peixe e marisco aponta aí: “Obrigatório comer Lapas grelhadas, polvo e camarão como se não houvesse amanhã, e bifes de atum”. Para os fãs de carne, faz favor de provar a “Espetada” de carne de vaca em espeto de pau-de-louro com bolo-do-caco e milho frito.

Agora vamos falar de restaurantes… Se és amante de gastronomia, deixo-te aqui algumas sugestões: O Restaurante II Gallo D’Oro, situado no The Cliff Bay Hotel tem duas estrelas Michelin e serve o que de melhor há na cozinha mediterrânea. Para comer peixe e marisco, o “Maré Alta” em Machico serve no prato os melhores sabores que vêm do mar. Para saborear a gastronomia madeirense, o restaurante “Adega da Quinta” é uma boa opção. Se forem “Belmond Reid’s Palace Hotel” jantem no Ristorante Villa Cipriani, diz-se por aí que a comida e a vista valem cada cêntimo.

Não te esqueças de abusar na fruta, há uma variedade enorme, desde manga, abacate, maracujá e obviamente as bananas da Dona Dolores, eheh.

 

5 – MAR

Mal era se estivesse eu para aqui a falar de uma ilha e não menciona-se o mar. Se és daqueles que não passa sem um mergulho aqui não te vão faltar oportunidades. A temperatura da água varia entre os 19º e os 24º o que é perfeito para quem gosta de fazer snorkeling, mergulho, vela, surf… são inúmeras as actividades que podes fazer aqui. Se és menos aventureiro faz um tranquilo passeio de barco para ter uma perspectiva diferente da ilha, com sorte encontras golfinhos ou baleias e que por ali vivem.

É possível encontrar piscinas naturais, exemplo disso são as de Porto Moniz, formadas por rochas onde é possível nadar à vontade sem estar preocupado com a ondulação ou correntes do mar.

Para fazer praia, sem dúvida nenhuma Porto Santo, uma das praias mais bonitas de Portugal, conheço pessoas que não passam sem lá ir uma semana por ano. São 9 km de areia dourada banhada por águas cristalinas. Existem ainda outras praias que devem ser visitadas, a do Faial onde podes observar as interessantes formações rochosas da zona. A Prainha, perto da ponta de São Lourenço… Pequenina como o nome sugere, mas bastante bonita. Praia de Machico: uma das mais famosas e concorridas da ilha.

.

  

 

Pronto, agora que acabei de escrever isto e de relembrar os locais por onde passei fiquei oficialmente deprimido ah ah… Tenho de lá voltar em breve, quem sabe para fazer um vídeo e partilhar com vocês.

Por falar nisso, sabem que o Turismo da Madeira está com uma oferta espectacular?

De 15 de Março até 30 de Junho… se comprares um pacote de voo + 3 noites de hotel eles oferecem uma experiência por pessoa, se comprares voo + 5 noites oferecem duas experiências. Yep, é mesmo de aproveitar! Fica a saber tudo sobre essa promoção no site deles: http://experiencias.madeiraallyear.com/oferta/

Deixo aqui um vídeo da Madeira para matar saudades!

As fotos e vídeos usados neste post foram cedidos por Copyright © 2016 Madeira all year.

Olá! Eu sou o João Cajuda, blogger de viagens português e o criador deste site. Neste blog partilho as minhas aventuras pelo mundo e dou dicas de destinos, hotéis, restaurantes e actividades a fazer. Podem ainda viajar comigo através dos meus vídeos de viagens e dos meus tours de grupo que organizo para vários destinos! Visita a minha Agência de Viagens de Aventura LEVA-ME e junta-te a uma das minhas aventuras.

COMENTÁRIOS

Leave a comment