Travel Blog Joao Cajuda

Four Seasons Seychelles at Desroches Island

Four Seasons Seychelles at Desroches Island

Recebo todas as semanas vários emails de pessoas que me pedem sugestões para a sua lua-de-mel… Sendo as Seychelles um dos mais famosos destinos para este tipo de viagens, decidi que secalhar não era mal ideia ir lá uns dias só para vos poder dar as melhores dicas ahahah. 

A verdade é que adoro destinos idílicos e já há muito tempo que queria “perder” na beleza das Seychelles. 

Decidi ir um conhecer um dos mais recentes e excitantes resorts de luxo no Mundo, o novíssimo Four Seasons Seychelles at DesRoches. O resort fica localizado na ilha de DesRoches, a aproximadamente 200km da ilha principal de Mahé. A ilha é praticamente privada, o resort e as villas privadas ocupam grande parte da área da ilha, ainda assim é possível visitar uma pequena vila crioulo onde vivem pouco mais de 50 habitantes locais. 

 

 

Para viajar até à ilha de Res Roches é necessário apanhar um avião e sobrevoar os mares azuis turquesa do Indico. São precisos aproximadamente 40 minutos de voo para chegar a esta pequena ilha rodeada de corais. Aterramos na pista da ilha e o avião para a porta do hotel, isto é um sonho. Depois de um breve check-in acompanhado de um sumo natural bem refrescante, seguimos de carrinho de Golf até à Villa onde irei ficar os próximos quatro dias. 

Aqui o silêncio é absoluto, apenas se ouve as pequenas ondas do mar e alguns pássaros que saltam de coqueiro em coqueiro. Todos os 71 quartos têm piscina e acesso directo à praia a partir do jardim privado. Fiquei numa Coral Beach Villa, o quarto é bastante grande e amplo, são 65m2 com tectos altos em madeira dando um ar rústico, ainda que se perceba que acabou de ser construído e que tudo é novo. Muito bem decorado em tons claros com apontamentos e detalhes de cores exóticas típicas de um país tropical como as Seychelles. A cama King Size é uma das melhores onde dormi… A Casa de banho, toda ela de mármore é enorme, com banheira e vista para os jardins cheios de palmeiras, tem ainda como anexo um duche interior e outro exterior para aproveitar a envolveria do local.

 

 

O quarto dispõe de um alpendre e uma varanda no piso superior com sofás confortáveis e vistas incríveis para o jardim, piscina privada e praia. Os meus primeiros minutos aqui foi deitado na rede entre os coqueiros a aproveitar a tranquilidade do local. Cada quarto tem duas bicicletas para poder explorar por si a ilha, e foi isso que fiz, meti os pés ao pedal e fui percorrer os 9km de praias desertas da ilha… E que praias!! 

Parei numa das mais famosas praias do país, a Madame Zabre beach… pousei a bicicleta e andamos por entre as palmeiras até pisar a areia branca que mais parece farinha, para minha surpresa estava vazia, completamente vazia. Por ali fiquei a dar mergulhos naquele mar translúcido, a subir coqueiros inclinados numa das mais bonitas praias do mundo que naquele momento era só nossa. Continuamos a percorrer a ilha, passamos pela vila da ilha onde é possível ainda ver o dia-a-dia e o estilo de vida dos locais até chegarmos ao santuário das tartarugas. As tartarugas gigantes de Aldabra são uma espécie protegida, ainda assim aqui andam à solta umas 150 pela ilha… encontrei algumas a nadar na praia enquanto tomava o pequeno-almoço, mas aqui no santuário é possível estar com elas, tocar-lhes, são muito simpáticas e andam sempre atras de ti, especialmente se lhes deres ervas ou fruta. 

 

 

 

 

 

Voltamos para o resort (a andar de bicicleta pela pista do avião) e almoçamos na zona do restaurante e piscina principal. Existem dois restaurantes no resort… O “Claudine” é o restaurante principal e oferece para além de uma vista incrível sobre a praia, pratos inspirados na cozinha portuguesa, grega e espanhola para aqueles que adoram o paladar dos temperos mediterrâneos. Outro restaurante do resort é o “The Lighthouse” que como o nome indica está inserido num farol na praia, aqui é possível te deliciares com pratos de Marisco e carnes orgânicas grelhadas. Também inserido no topo do farol está o Lounge, um espaço muito acolhedor com vistas fantásticas para o oceano, perfeito para uma bebida ao final da tarde. 

O “The bar” é também outro espaço onde é possível desfrutar de pequenos e frescos pratos como salada de atum (comi todos os dias de tão boa que era!) e ter os pés na areia da praia. Também para pequenos e deliciosos snacks existe o “The Deli”, um pequeno café onde tudo é simples, saboroso e transportável, seja para comer na praia ou levar para o quarto. 

 

 

 

 

 

 

 

Para quem gosta de fazer actividades não faltam opções, desde aulas sobre a flora e fauna da ilha, a uma visita a um pequeno mas muito interessante “Discovery Center”, desportos aquáticos como Kayak, Paddleboard, snorkeling e mergulho em vários spots incríveis, vólei, campo de ténis, um maravilhoso ginásio e um SPA para relaxar. 

Um dos momentos que mais gostei durante a minha estadia foi o cinema ao ar livre… O resort tem uma lista de vários filmes disponíveis, mas como tinha levado um pedi se era possível ver. Assim foi, depois de um céu estrelado, com pipocas a ver o “África Minha!” 

Foram quatro dias incríveis que me deram a sensação de estar sozinho numa ilha paradisíaca, totalmente desligado do resto do Mundo. É um refúgio perfeito para quem procura descansar, tranquilidade e um contacto directo com a natureza. Teria ficado mais dias mas tinha de partir, o Four Seasons Seychelles em Mahé estava à minha espera e prometia ser tão bom quanto este… vê toda a experiência fotos e vídeo neste post. 

 

Olá! Eu sou o João Cajuda, blogger de viagens português e o criador deste site. Neste blog partilho as minhas aventuras pelo mundo e dou dicas de destinos, hotéis, restaurantes e actividades a fazer. Podem ainda viajar comigo através dos meus vídeos de viagens e dos meus tours de grupo que organizo para vários destinos! Visita a minha Agência de Viagens de Aventura LEVA-ME e junta-te a uma das minhas aventuras.

COMENTÁRIOS

Leave a comment